Foto: Photocamera
Foto: Photocamera

Curtindo, ou não, a Copa do Mundo, o torcedor do Fluminense já começa a sentir saudades de assistir o time jogar. Seja na poltrona de casa ou na arquibancada, a vontade de ver o Tricolor em campo é grande. Nesta sexta-feira falta exatamente um mês para o reencontro da torcida com a equipe.

O Flu volta a jogar no Maracanã em 20 de julho, contra o Santos, em horário a definir. Antes, enfrenta o Criciúma, dia 16, no Heriberto Hulse.

É a chance de ver caras novas como o zagueiro Henrique, o volante Edson e o meia Cícero. Ou, quem sabe até, algum outro reforço que a diretoria, por ventura, esteja negociando.

Sabe-se que o técnico Cristóvão Borges deseja um atacante de velocidade. O nome de consenso é Wellington Nem, mas a negociação com o clube do jovem, o Shakhtar Donetsk (UCR), não está fácil. A contratação de dois laterais, para as reservas de Bruno e Carlinhos, não está descartada, mas a ordem é apostar nos jovens Pablo Dyego e Aílton.


Sem comentários