(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Fim da história entre Fluminense e Robinho. Considerado um dos destaques do Bashundhara Kings, de Bangladesh, o jogador está sem clube no momento, após seu vínculo se encerrar com o clube asiático e, consequentemente, com o Fluminense.

É importante frisar que os asiáticos tinham a opção de compra no final do contrato. O valor do empréstimo não foi revelado oficialmente, mas o Tricolor recebeu uma compensação financeira. Inicialmente, o acordado foi que, se tudo fosse consumado após o período do meia-atacante na Ásia, o Fluminense quitaria o débito milionário (mais de R$ 3,7 milhões) com o Atibaia-SP e ainda rebeberia uma pequena quantia pela venda em definitivo. Entretanto, apenas parte desse valor foi quitado.

Robinho foi contratado ao Atibaia e chegou ao Flu para ser o substituto de Richarlison, vendido ao Watford (ING) em 2017. O valor da negociação foi de US$ 2 milhões (cerca de R$ 7 milhões na ocasião), causando muitas discussões interna e externamente.

O atacante estava no Figueirense por empréstimo, onde se destacava na época. No Tricolor, nunca conseguiu deslanchar. Disputou 30 jogos e fez quatro gols. Foi emprestado para diversos clubes até chegar ao Bashundhara Kings, de Bangladesh.