Capitão do time contra o Corinthians, Nino aceitou na hora usar a camisa 24 (Foto: Divulgação - FFC)

Escolhido para usar a camisa 24 do Fluminense em ação do clube na véspera do Dia Internacional do Orgulho Gay, na partida em que o Tricolor empatou com o Corinthians, no dia 27 de junho, Nino comentou a respeito da situação. Por ser cristão, muitos se preocuparam se ele aceitaria por ser cristão. Mas isso não passou nem perto de ser um empecilho para o zagueiro.

— Vieram meio receosos falar comigo que queriam que o capitão usasse a 24 com o argumento de eu ser cristão e possivelmente não gostar. ceitei na hora, claro. Muitos vieram me questionar se não seria uma contradição por ser cristão. Jesus ensinou o amor, pregou o amor. Temos de levantar sempre toda bandeira que grita pelo amor, pelo respeito – disse, emendando:

— Acho que temos de levantar sempre qualquer bandeira que grite pelo amor e o respeito.