Criticado por palavrões, Luxa fala em hipocrisia e cita novelas

Criticado por palavrões, Luxa fala em hipocrisia e cita novelas

Técnico diz que linguajar mais vulgar é comum durante os jogos (Foto: Photocamera)
Técnico diz que linguajar mais vulgar é comum durante os jogos (Foto: Photocamera)

Criticado por falar palavrões em entrevista após o empate do Fluminense contra o Atlético-MG no Independência, Vanderlei Luxemburgo disparou contra a hipocrisia. O técnico lembra que estava chateado com a atuação do árbitro da partida.

– Outro dia um apresentador disse que teve que tirar minha coletiva do ar por causa dos palavrões. Futebol não é igreja. Agora vão querer moralizar tudo através do futebol? Vamos parar com essa hipocrisia. Estava muito chateado com o juiz e soltei um, só isso – disse, lembrando ainda do uso de linguagem chula em novelas:

– Vejo tantas cenas em novelas o cara falando palavrão, cenas que não é para nós vermos no horário nobre. Se é assim, aconselho as pessoas a desligarem as suas TVs quando ouvirem palavrões em novelas também.

Para encerrar o assunto, Luxa afirmou que nem sempre se pode ser educado durante as partidas e vai pedir para serem retirados os microfones que ficam perto ao banco de reservas registrando tudo que ele fala.

– Não deveria falar palavrão, mas tem horas que vocês não aguenta. Vou pedir para tirarem aquele microfone porque eu não estou na igreja. Eles botam o microfone lá e quem recebe as cartas reclamando sou eu. Não dá para falar “fulano entra por obséquio pelo lado esquerdo”. É duro, meu camarada. É um linguajar nosso. Tem que se moralizar a sociedade através de outras situações. Tirando o palavrão das novelas, por exemplo – concluiu.


Sem comentários