Cuca e Fred foram fundamentais para a permanência do Fluminense na Primeira Divisão em 2009 (Foto: Marino Azevedo - Photocamera)

Fred encerrará no próximo sábado, no jogo frente ao Ceará, no Maracanã, sua carreira como jogador do futebol. Técnico do Fluminense em período marcante, Cuca recordou o Time de Guerreiros de 2009. Atualmente sem clube por opção, o treinador destacou a importância do camisa 9 na fuga do rebaixamento para a Segunda Divisão, à época dado como certo.

Cuca chegou ao Fluminense no decorrer do Brasileirão de 2009, quando Fred estava machucado. Tão logo o atacante teve condições de retornar, foi peça fundamental para a permanência na Série A.

— Falar do Fred é motivo de muito orgulho e muito prazeroso. Falar do que fizemos juntos, não só com o Fred, mas todos os companheiros do Flu em 2009. Criamos aquele time de guerreiros. Encabeçado por Fred, Conca, Fernando Henrique. Todo o pessoal abraçou a causa. O Fred, quando cheguei, estava machucado. Quando curou, foi nosso capitão. Conseguimos uma façanha maravilhosa, graças grande parte a ele e todos os companheiros. Nos encontramos diversas vezes por diversos clubes, sempre com o maior respeito. Uma pena que esteja encerrando a carreira, mas foi um ciclo vitorioso dessa passagem como jogador, maravilhosa. Agradecer a ele pelo que fez naquele ano de 2009 pela gente. Um abração, Fred. Tudo de bom, meu amigo. Fique com Deus! – disse em entrevista à Rádio Brasil.