Custo da reforma do Maracanã alcança R$ 1,12 bilhão

Custo da reforma do Maracanã alcança R$ 1,12 bilhão

Maracanã: custo elevado para os cofres públicos

Reformado com dinheiro do povo, o Maracanã já custou aos cofres públicos R$ 1,12 bilhão. Este valor foi alcançado graças ao aditivo de quase R$ 200 milhões que o Governo do Estado do Rio de Janeiro assinou para adequação às normas da Fifa.

 
O extrato do aditivo foi publicado na segunda-feira no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro embora tenha sido assinado no dia 3. De acordo com a Secretaria Estadual de Obras, ele eleva para R$ 1,049 bilhão o orçamento da reforma principal do estádio.

 
Juntando esse valor com o custo das obras intramuros em execução, com o contrato de gerenciamento da reforma e com as correções monetárias já pagas às construtoras, o custo da reforma do Maracanã bate os R$ 1,12 bilhão.

 
Com esse valor, o estádio é oficialmente o mais caro da Copa do Mundo. O posto era até então do Estádio Nacional de Brasília que, na conta do governo federal, custará R$ 1,015 bilhão.