(Foto: Divulgação/FFC)

Em 2004, o Fluminense investiu forte no futebol com contratações de peso como Romário, Edmundo e Ramon. O ex-goleiro Danrlei também foi um dos reforços da época, mas teve uma passagem curta nas Laranjeiras. Apesar do elenco recheado de bons jogadores, o Flu não conquistou grandes resultados e o ano foi repleto de polêmicas. Entretanto, para o arqueiro a temporada foi positiva e o clima no vestiário era bom.

– O Fluminense tinha muitos bons jogadores. Era uma equipe muito capacitada. Mas, bons jogadores não significa bom time. Às vezes falta colocar no lugar certo para compor essa equipe. Ainda assim acho que o Fluminense fez um bom campeonato. Não chegou onde queríamos mas ficou em uma média boa no Brasileirão – analisou Danrlei, que revelou como era os bastidores.

– O ambiente era normal. Apesar de grandes atletas e nomes de muito peso. Óbvio, como em qualquer ambiente de futebol, teve lá suas rusgas e desentendimentos. Mas, nada diferente de qualquer outro clube. (…) Atletas não tem que ser amigo o tempo inteiro e sim entrar em campo e produzir o melhor possível para equipe. Eles conversavam o necessário para a equipe crescer. Se eles tinham algum tipo de racha não era visível. Em campo, era todos tentando colocar o Fluminense na melhor colocação possível – concluiu o ex-goleiro em entrevista ao portal Esporte 24 Horas.