(Foto: Mailson Santana - FFC)

Titular contra o Red Bull Bragantino, no último domingo, pela 4ª rodada do Brasileirão, o zagueiro David Braz fez questão de enaltecer o grupo de jogadores do Fluminense. O atleta substituiu Luccas Claro, poupado pelo acúmulo de jogos e o desgaste físico. Isso também levantou a discussão sobre o que o defensor acha de preservar atletas para priorizar um torneio específico, como a Libertadores ou a Copa do Brasil.

– Já tive experiências em outros clubes de acabar priorizando uma competição. Tive sucesso, mas também tive insucessos. É difícil escolher uma situação. Nós temos conversado de que temos que fazer nossa parte jogo a jogo. Queremos entrar na história do clube. O Fluminense está há um tempo sem conquistar títulos. Sabemos da importância de conseguirmos que o Flu volte a ser campeão. É o desejo de todos que fazem parte desse projeto. Não dá para priorizar nenhuma competição. Ainda mais porque confiamos bastante no elenco – disse ele, e elogiou:

– É um ambiente incrível, um grupo muito bom. Graças a Deus eu me sinto bastante privilegiado por ter jogado em grandes clubes do futebol brasileiro e ter participado de grupos qualificados tecnicamente e unidos, como este que estou vivendo aqui no Fluminense. Em 2008 pelo Palmeiras tínhamos um grupo de muita união; 2009 e 2011 pelo Flamengo, dois grupos diferentes e maravilhosos; Santos em 2015, ambiente maravilhoso; e no Grêmio também convivi com um grupo incrível. Eu me sinto privilegiado no futebol e muito feliz agora por estar fazendo parte deste grupo do Fluminense – destacou.