(Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Titular na última partida do Fluminense contra o Corinthians, David Braz ganhou a vaga após a suspensão de Luccas Claro que levou o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-GO.

O camisa 44 do Flu chamou atenção no jogo por conta de sua frieza na saída de bola. O defensor foi o jogador do Flu que teve mais posse de bola em toda a partida e trocou 60 passes, errando apenas 3. Em entrevista exclusiva ao “GE”, David falou sobre essa sua característica e atribuiu a sua experiência. Além disso, o jogador falou sobre o estilo de jogo adotado pelo técnico Marcão.

– Com certeza, a experiência ajuda muito. A saída de bola sempre foi uma coisa que trabalhei na minha carreira. Fez parte da minha característica quando comecei. Trabalhei em clubes que sempre propuseram o jogo, procuraram estar com a bola. Foi assim no Palmeiras, Flamengo, Santos na era Dorival Jr., no Grêmio, que foi minha última equipe aqui no Brasil… E o Fluminense com o Marcão está com essa ideia de jogo. Ele pede muito isso, para controlarmos o jogo, ficarmos com a posse de bola, sair bem lá de trás. E ontem (quarta-feira), ele fez esse pedido e a gente procurou fazer da melhor forma possível – disse o jogador.