Nino firmou vínculo com o Fluminense até 2024 antes de ir para os Jogos do Japão (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Em alta após conquistar o ouro olímpico com a seleção, Nino não tem pressa para se transferir rumo à Europa. Por outro lado, admite que pensa em jogar no Velho Continente no futuro, desde que ajude o Fluminense também.

Antes mesmo de embarcar para a disputa dos Jogos no Japão, o zagueiro renovou seu contrato com o Tricolor até o fim de 2024. Com isso, ressalta a prioridade de, em caso de transferência, deixar sua parcela de colaboração com as finanças do Flu.

– Eu sempre deixei muito claro, e o presidente Mário é muito aberto com nós jogadores, passa confiança, tem muito o nosso carinho. Eu sempre deixei claro para ele que tenho o desejo de ir para a Europa, mas também que se minha ida para lá acontecer um dia, que seja de uma maneira que ajude o Fluminense também. E o fato de a gente renovar o contrato antes da Olimpíada é um pouco disso, de saber que sair sem ajudar o Fluminense não adianta. Se tiver que acontecer um dia, vai ser da melhor maneira, eu sou bem tranquilo em relação a isso – disse.