De olho na defesa, Renato admite “dor de cabeça” com o ataque

De olho na defesa, Renato admite “dor de cabeça” com o ataque

Renato diz que não pode ficar com três ou quatro que não marcam em um jogo decisivo (Foto: Photocamera)
Renato diz que não pode ficar com três ou quatro que não marcam em um jogo decisivo (Foto: Photocamera)

Fred, Walter, Rafael Sobis, Biro Biro… Muitas são as opções de Renato Gaúcho para escalar o ataque do Fluminense. Porém, de olho na defesa, o técnico admite ter uma dor de cabeça para montar o setor ofensivo. Afinal, alguém precisa cuidar da marcação. O treinador afirma estar satisfeito com as peças de qualidade na equipe tricolor, mas ainda vai decidir qual a melhor formação.

– O mais importante de tudo é que o Fluminense está com vários atacantes bons. A briga tem sido sadia. O jogador que se escala. Mas escalar todos os jogadores que não marcam vai estourar lá atrás. Na seleção, todos voltam para marcar. Não pode em jogo decisivo três ou quatro jogadores não marcarem. Não podemos botar todos juntos, pois vamos precisar de três goleiros. O dia que eles me provarem que farão cinco gols todos jogos, ok. É uma boa dor de cabeça que eu vou ter – disse.


Sem comentários