(Foto: Wallace Teixeira - Photocamera)

Jogador que viveu era vitoriosa e se tornou ídolo no Fluminense, Deco vê com certa chateação, hoje como torcedor, o fato do clube não ter mantido o caminho das conquistas na era pós-Unimed. Mas por que o Tricolor se perdeu do trilho vencedor? Na opinião do ex-meia faltou planejamento.

— É difícil opinar. Eu tenho uma visão como gente do futebol e até torcedor. O que faltou foi estratégia, visão a longo e médio prazo. Tinha um patrocinador forte, mas talvez o clube criasse base para ser autosuficiente. Viveu num tempo de ilusão, que poderia ter fim. Poderia ter uma estratégia mais a longo prazo e responsável também – comentou.

Deco defendeu o Fluminense entre 2010 e 2013, quando se aposentou. Foi bicampeão brasileiro (2010 e 2012) e campeão carioca (2012). Fez 92 jogos e sete gols pelo clube.