Nesta quarta, Fluminense e Santa Cruz fazem o primeiro duelo da batalha de 180 minutos por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Afastado da Série A desde 2016, como chega o Santa Cruz para o confronto? Atualmente na Série C, o Santa está em um bom momento, segue vivo na Copa do Nordeste e tem em Pipico, ex-Bangu e Vasco, sua esperança de gols. O jogador é artilheiro da Copa do Brasil com 4 gols ao lado de Luciano.

A defesa sólida é o ponto mais forte da equipe, que apesar de ter oscilado em alguns jogos esse ano, se manteve firme e levou poucos gols no ano. No entanto, no setor de criação, o clube pernambucano deixa a desejar. Sem um jogador que chame a responsabilidade do meio para frente, a equipe sofre com qualidade no setor.

Para a imprensa pernambucana, uma classificação sobre o Fluminense, apesar de difícil, seria o melhor dos mundos para o Santa Cruz tanto no aspecto esportivo quanto no financeiro. A premiação, caso passe pelo Tricolor, pode garantir a saúde financeira do clube em 2019 e ajudar a reforçar a equipe para a disputa da Série C.


Notícias pelo Messenger Notícias pelo Messenger