Atacante Luiz Henrique se destaca pela velocidade e habilidade (Foto: Mailson Santana - FFC)

Após a contratação de peso de Fred, o Fluminense deverá apostar em jogadores de casa para encorpar o elenco visando ao recomeço das competições após a pandemia do novo coronavírus. Afinal, o calendário nacional ficará bem mais apertado e tal exigência será comum a todas as equipes. No caso tricolor especificamente, dois nomes da base aparecem como fortes candidatos a ganharem chances na equipe principal. São os casos do volante Martinelli e do atacante Luiz Henrique.

Os dois, oficialmente, são do time sub-19, mas já participavam do sub-23. A dupla fez parte da equipe sub-17 que teve bons resultados em 2019, com o título estadual e os vices na Taça BH e Copa do Brasil da categoria.

Em 2018, Martinelli, o “motorzinho do meio de campo”, fez o gol do título carioca sub-17. Mesmo no seu primeiro ano de juniores, foi titular absoluto e um dos destaques da temporada. Tem qualidade no passe e no apoio ao ataque. Já Luiz Henrique, de 19 anos, é atacante de lado. Suas principais valências são a velocidade e o drible. Natural de Petrópolis, Região Serrana do Rio, chegou ao Flu com 11 anos, quando ainda era conhecido como Zulu.