Fluminense e Flamengo estudaram possibilidade de construir seus estádios no Parque Olímpico

Se Fluminense e Flamengo ainda pensam na construção de um estádio no Parque Olímpico (uma das possibilidades estudadas por ambos os clubes), é bom ficar de olho. A Lagardère, empresa francesa e desafeto do Rubro-Negro, avançou em negociações com a Prefeitura do Rio de Janeiro para assumir o controle do local.

Na última quarta-feira aconteceu a terceira reunião dos franceses com a Prefeitura. O prefeito Marcelo Crivella esteve presente só no primeiro encontro. No último, além da Lagardère, também estavam presentes representantes de uma agência de marketing, e a subsecretária de Esportes da cidade, a ex-presidente do Flamengo Patrícia Amorim.

As negociações, segundo os próprios franceses, estão no início, mas caminhando. A Lagardère esteve próxima de assumir recentemente o Maracanã, mas o Governo do Estado do Rio de Janeiro, recuou no negócio. O Flamengo fez forte pressão contra.

Nos encontros entre os franceses e a Prefeitura, a possibilidade de construção de estádios no Parque, como querem Fluminense e Flamengo, não foi colocada em discussão.