PVC destacou bons números de Fernando Diniz à frente do Fluminense (Foto: Marcelo Gonçalves - FFC)

O Fluminense venceu o Corinthians por 4 a 0, sábado, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória confortável diante de um time comandado pelo português Vítor Pereira levou o jornalista Paulo Vinicius Coelho a publicar texto em seu blog no ge destacando a soberania de Fernando Diniz sobre técnicos estrangeiros no Brasil.


Confira na íntegra a análise do PVC:

“Fernando Diniz, o devorador de técnicos internacionais no Brasileiro


Nos confrontos contra sete técnicos estrangeiros, o Fluminense ganhou cinco, empatou uma e perdeu uma

O início do Fluminense, com Fernando Diniz, é avassalador. Em 16 partidas, são dez vitórias, três empates e três derrotas, quatro vitórias seguidas e 33 gols, média superior a dois por partida. O Tricolor se tornou o time de futebol mais vistoso do Brasil e chama ainda mais a atenção seu desempenho nos confrontos contra treinadores estrangeiros.

Quem primeiro chamou a atenção para o fato foi Luiz Roberto, narrador da Globo, no podcast A Mesa e no Seleção SporTV, semana passada.

Logo na estreia no Brasileirão, empate contra o Palmeiras, de Abel Ferreira, no Allianz Parque. O Fluminense jamais havia nem sequer empatado na casa alviverde. Depois, 5 x 3 no Atlético Mineiro, de Antonio Mohamed, 2 x 1 no Fortaleza, de Vojvoda, 1 x 0 no Botafogo, de Luís Castro, 2 x 1 no Cruzeiro, de Paulo Pezzolano, 4 x 0 no Corinthians, de Vítor Pereira.

Uma das três derrotas foi para o Flamengo, ainda dirigido pelo português Paulo Sousa. Mas com o Fluminense jogando melhor do que o rival na maior parte do tempo.

Além do Flamengo, as outras duas derrotas aconteceram contra o Atlético Goianiense, no Maracanã, e contra o Juventude, numa partida sem condição de tocar a bola, pelo campo encharcado pela chuva.

Difícil ter certeza das razões que fazem de Diniz o treinador brasileiro de resultados mais expressivos contra os treinadores internacionais. Talvez por seu estilo particular, de unir jogadores do lado da jogada e surpreender com superioridade numérica ou com inversões rápidas. Fato: neste momento da temporada, o Fluminense de Diniz coleciona vitórias expressivas contra times fortes, treinados por técnicos estrangeiros.”