(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Com passagem pelo Fluminense em 2019, o técnico Fernando Diniz foi apresentado oficialmente como novo treinador do Santos nesta segunda-feira e já fez um de seus primeiros pedidos à diretoria do Peixe. O NETFLU apurou que o comandante santista solicitou que o clube monitore a situação de Miguel nas Laranjeiras, que está em litígio com o Tricolor e entrou na Justiça para buscar a rescisão unilateral de seu contrato.

Alegando atrasos de, aproximadamente, um ano no pagamento de um reajuste salarial que está previsto em contrato, fora o não recolhimento de cerca de seis parcelas do FGTS, Miguel move ação contra o clube, não se reapresentou nesta segunda não deve mais vestir a camisa verde, branca e grená. Fernando Diniz é fã do futebol do meia, que foi bastante utilizado pelo técnico em 2019 e teve seus melhores momentos com o treinador.

Vale ressaltar que o Santos não busca atravessar o caso, aliciar o atleta ou nada do tipo, apenas aguarda o desfecho de seu imbróglio com o Flu para avaliar a possibilidade de uma investida. Fernando Diniz entende que Miguel poderia ser uma boa aposta, por se tratar de um jogador jovem, que já demonstrou potencial e que ainda tem margem de evolução como atleta de futebol.

Em 2019, Diniz chegou, inclusive, a pedir a liberação de Miguel de um período de treinos com a seleção brasileira sub-17. A tentativa do Flu não foi bem sucedida, mas no entendimento do treinador, o jovem poderia crescer muito mais atuando entre os profissionais pelo Tricolor, no Campeonato Brasileiro, do que enfrentando outras seleções de base em jogos-treino na Granja Comary.