Foto: Mailson Santana/FFC

Anunciado como reforço do Fluminense em junho, Alan ainda não tem condições legais de defender a equipe. Mas, segundo apurou o NETFLU, a diretoria espera resolver a situação do atacante de 33 anos ainda nesta semana.

O centroavante, vale lembrar, hoje é cidadão chinês. Ao se naturalizar para poder defender a seleção da China, teve de abrir mão da cidadania brasileira. Isso, porém, torna o processo mais demorado.

Tal situação depende do envio documental por parte do governo chinês. Por lá, a questão burocrática costuma mesmo levar tempo. Afinal de contas, não chega a ser uma prioridade para os chineses.


A diretoria, inclusive, está tranquila a respeito de Alan, mesmo sabendo que não pode contar com ele na Copa do Brasil. O atacante, por enquanto, não tem mesmo condições de atuar, pois se recupera de uma lesão na panturrilha sofrida nos treinamentos.

O jogador está em sua segunda passagem pelo Fluminense. Revelado em Xerém, defendeu a equipe tricolor em 88 jogos e fez 26 gols entre 2008 e 2010. Fez parte da campanha do título brasileiro de 2010.