1O Fluminense esteve entre dois treinadores para substituir Vanderlei Luxemburgo, demitido há oito dias. Dorival Júnior acabou escolhido e ganhou a concorrência de Paulo Autuori. O ex-treinador do São Paulo chegou a ter conversas com a diretoria tricolor, mas o perfil motivador de Dorival, indicado pelo executivo de futebol, Rodrigo Caetano, convenceu o presidente Peter Siemsen.

A opção pelo técnico, recém-demitido do Vasco, foi prontamente aceita pela cúpula de futebol tricolor, que logo entrou em contato, gostou da conversa e das intenções do treinador, fechando os detalhes do acordo, ainda por telefone mesmo. Dorival, acertou com o Fluminense, por telefone, na segunda-feira pela noite, e assinou o contrato na terça-feira pela manhã, quando desembarcou no Rio de Janeiro, vindo de Florianópolis, local que possui residência fixa.


Sem comentários