(Foto: Nelson Perez/FFC)

O técnico Marcelo Oliveira não resistiu a sequência de oito jogos sem vitórias e foi demitido nesta quinta-feira. O auxiliar Fábio Moreno será o responsável por comandar a equipe do Fluminense contra o América-MG, domingo, às 17h, pela última rodada do Brasileirão, mas a diretoria já olha para 2019 e busca um novo treinador.

Segundo apurou o jornalista Wilson Pimentel, do portal Esporte 24 Horas, a diretoria seguirá uma linha de raciocínio diferente e, desta vez, não apostará em nomes consagrados. O favorito do presidente Pedro Abad é o técnico Roger Machado, que foi um dos cogitados pelo mandatário durante as eleições de 2016.

Apesar de agradar, o momento financeiro do Fluminense pode ser um complicador na negociação com Roger Machado. Por isso, o plano B da diretoria é o técnico Ney Franco, que está livre no mercado após não renovar com o Goiás. Recentemente, conseguiu o acesso com clube esmeraldino à primeira divisão do Brasileirão.