Dirigente busca doações para CT: “Se não arranjar, boto do meu”

Dirigente busca doações para CT: “Se não arranjar, boto do meu”

pedroO vice-presidente de projetos especiais do Fluminense, Pedro Antônio Silva, busca doações para auxiliar na construção do centro de trenamento. Prefeitura e Ambev bancariam o custo de R$13 milhões do CT, mas recuaram. O município apenas doou o terreno e a cervejaria desistiu de bancar a outra metade. Portanto, tudo depende de doação.

– Até dezembro de 2014 vamos procurar os recursos. A construção inicia-se com doações. Vamos arranjar. Se não arranjar, eu boto o meu dinheiro – brincou Pedro Antônio.


Sem comentários