Dirigente diz que tendência é de promessas ficarem até dezembro

Dirigente diz que tendência é de promessas ficarem até dezembro

1Gerson e Kenedy não devem ser negociados neste ano. O homem forte do futebol tricolor, Mário Bittencourt, não rechaçou por completo a venda de um deles, mas acha difícil saírem antes do fim do Campeonato Brasileiro.

– A tendência é que fiquem mesmo. A gente sabe do potencial deles, sabe que numa venda precipitada pode fazer um bom negócio, mas se esperar pode ser bem melhor. É uma questão que deixo para o presidente, não é passando a bola, mas é quem cuida da instituição. É um ano difícil, de reconstrução. A gente quer cumprir nossos compromissos e se tiver possibilidade de negócio pode ser que venda. Mas a tendência é que fiquem até o fim do Brasileiro – disse


Sem comentários