Foto: Mailson Santana/FFC

Uma vida desregrada, problemas de peso e histórico de álcool. Aquino foi contratado pelo Fluminense com uma sombra em sua carreira que deixa muitos torcedores do clube preocupados. Questionado o porquê de ter contratado um atleta com um histórico tão complicado, o diretor de futebol, Jorge Macedo, justificou:

– Garantia (de ele não arrumar confusão no Rio) ninguém tem. Pode acontecer com qualquer outro jogador. O Claudio Aquino é um jogador que se destacou muito no Godoy Cruz. Foi para o Independiente, que está há 13 anos sem conquistar um título. Foi titular da equipe e teve uma partida contra o San Lorenzo, se não me engano, que se o Indepediente ganhasse, seria campeão do Clausura ou do Apertura e acabou perdendo em casa. Teve uma discussão do Aquino e mais um jogador com a torcida e isso acabou atrapalhando o decorrer da carreira dele no clube. Mas é um jogador que tem muito potencial, todo mundo fala dele na Argentina, o conhece e se destacou por muito tempo. Precisava respirar novos ares. Ele sabe que fez algumas coisas no passado e amadureceu bastante, é noivo, está para casar e vem para o Fluminense como a chance da vida dele. Isso que é o mais importante. O jogador vem para cá para atuar um ano por empréstimo, o Fluminense exercer a opção de compra, performar e ser ídolo do clube. Sabemos que qualidade técnica, futebol ele tem. Com as conversas que a gente teve com outras pessoas do futebol lá na Argentina, isso aí (comportamento dele) melhorou bastante e está com uma vida particular diferente em relação há alguns anos atrás – comentou.