Dirigente sobre influências externas na base: “Clube é 100% soberano”

Dirigente sobre influências externas na base: “Clube é 100% soberano”

marceloteixeira3_fluminense_gcom_30Paulo Brito

Onde tem alimento, tem feras com fome. Viveiro de talentos do futebol, Xerém é um bom exemplo de relação estável entre clube, empresário e família de jovens promessas. De acordo com o gerente da base tricolor, Marcelo Teixeira, fatores externos influenciam muito pouco os atletas que ficam sob a responsabilidade do Fluminense.

– O clube é 100% soberano. A nossa interação com os agentes externos, que pode ser o empresário ou a família, pode ocorrer em momentos pontuais, quando a gente entende que é necessário ter uma discussão, procuramos. Nossa interação se dá basicamente no momento de assinatura de contrato ou renovação de contrato. Quem trabalha os aspectos táticos, físicos, mentais e até mesmo, muitas vezes sociais, é o clube – disse em entrevista exclusiva ao portal NETFLU.


Sem comentários