O Congresso Brasileiro de Clubes, realizado entre os dias 2 e 4 de novembro, no Rio de Janeiro, contou com a participação de dirigentes do Fluminense. O presidente Pedro Abad, o vice-presidente de esportes olímpicos, Marcio Trindade, e o diretor executivo de esportes olímpicos, Emanuel Rego, estiveram no Hotel Windsor, Barra da Tijuca, local do evento.

Realizado pela FENACLUBES, com apoio do Comitê Brasileiro de Clubes – CBC e do SINDI-CLUBE, o Congresso teve diversas palestras sobre excelência da gestão, estimulando a integração e a troca de conhecimentos entre Clubes de todos os portes.

Em 2016, o Fluminense foi contemplado duas vezes pelo CBC, que recebe e descentraliza recursos previstos na Nova Lei Pelé. O primeiro repasse foi de R$ 2.375.310,06 e previa investimento na compra de materiais e equipamentos das seguintes modalidades: natação, nado sincronizado, saltos ornamentais, polo aquático, voleibol e basquetebol, além do basquetebol em cadeira de rodas (paralímpica).

Em seguida, com o Edital 6, o Tricolor garantiu o montante de R$ 4,8 milhões, que serão investidos em Recursos Humanos dos Esportes Olímpicos ao longo de quatro anos.