Donos de cadeiras no Maracanã conseguem vitória na Justiça

Donos de cadeiras no Maracanã conseguem vitória na Justiça

Governo e Suderj terão de pagar R$ 50 mil em caso de desobediência. Decisão ainda é passível de recurso

Cinco donos de cadeiras cativas no Maracanã conseguiram nova vitória na Justiça. Os proprietários ganharam liminares para terem livre acesso no estádio durante a Copa das Confederações. A decisão ainda é passível de recurso, mas a decisão prevê que o Governo do Estado do Rio e a Suderj levem multas de R$ 50 mil em caso de desobediência.

Na decisão, o juiz Eduardo Antonio Klausner afirma que os direitos dos proprietários são protegidos pela Constituição Federal e os réus não podem alterar arbitrariamente a disposição das cadeiras.