Doping de Deco: Meia estuda processar farmácia

Doping de Deco: Meia estuda processar farmácia

Depois de testar positivo em exame antidopingrealizado após o jogo entre Fluminense e Boavista, dia 30 de março, pela Taça Rio, o meia Decojá estuda seus próximos passos. O jogador planeja processar a farmácia de manipulação e o farmacêutico responsável pela confecção de vitaminas. Deco faz uso dos medicamentos há três anos e nunca havia tido problema. Desta vez, ele acredita em contaminação no processo de confecção. A substância encontrada seria a Furosemida, um diurético.

Deco chegou a aventar a hipótese de convocar uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira, para dar sua versão da história, mas foi aconselhado por seus advogados a esperar pelo resultado da contraprova. A postura adotada pelo jogador é a mesma do Fluminense, que também prefere aguardar pela confirmação do teste positivo.

A pessoas próximas, porém, Deco não escondeu o descontentamento. O meia ficou muito irritado e promete levar a apuração dos fatos às últimas consequências.

Deco completa 36 anos em agosto. O jogador já havia acenado com a hipótese de encerrar a carreira ao fim da atual temporada. A ideia de ter de apressar a aposentadoria por conta de uma suspensão deixa o jogador para lá de chateado. As punições em casos de doping podem chegar a dois anos de suspensão.