Edinho foi apresentado ao lado de Araújo no Fluminense

Campeão brasileiro e carioca pelo Fluminense, o volante Edinho voltou a ser pauta. Depois de dizer, em 2015, que sua maior conquista havia sido a vitória por 5 a 0 Gre-Nal, com a camisa do Grêmio, o ex-atleta da Dupla revela que teve depressão e problemas com álcool na época da declaração.

– Foi uma declaração muito equivocada de minha parte. Fui muito mal. A matéria era sobre a volta por cima que eu estava dando, depois de seis meses afastado pelo Felipão. Eu estava com depressão, bebendo muito. Foi um momento muito complicado na minha vida. O que me salvou foram meus amigos de Capão da Canoa. Eu saía de Porto Alegre depois do treino e ia para a praia. Eu não precisava ter falado aquilo naquele momento. Me arrependo amargamente do que falei — revelou, em entrevista ao Show dos Esportes, na Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira (21), e continuou:

– Sou um cara que erra demais. Eu paguei esse tempo. Foram cinco anos sem falar com ninguém, com amargura muito grande no meu coração. Demorou muito para eu conseguir meu espaço no Inter e por um erro gravíssimo da minha parte as coisas mudaram. Já pedi perdão, mas não tenho vergonha de pedir desculpa. Mesmo que peça perdão, sei que essa marca fique. Respeito o torcedor e essa mágoa. Mas tenho lutado para mudar minha vida.