(Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense)

A sequência de jogos na temporada de 2022 vêm sufocando o Fluminense. Tendo percorrido 9.000 km no último mês com partidas fora de casa e também como mandante em Volta Redonda, o Tricolor apresentou desgaste físico no segundo tempo de algumas partidas.

Eduardo Barros comentou em coletiva sobre o rendimento da equipe e destacou que na partida o Tricolor ficou mais de 60 minutos correndo atrás do placar.

– Hoje, tivemos que reverter um placar adverso e tivemos competência e condição física para fazê-lo. Passamos mais de 60 minutos correndo atrás do resultado. Não sei se o desgaste foi determinante para o resultado. Agora, duas semanas abertas depois de uma maratona dessas será essencial. Não só para descansar os jogadores, mas também para fazer os ajustes que o Diniz quer – disse.