(Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC)

Com 35 anos, Egídio é um dos atletas mais velhos do Fluminense e no elenco tem um papel fundamental de passar sua experiência aos jogadores mais jovens.

Em entrevista à Band, o lateral do Flu rechaçou a possibilidade de dar pontapé na carreira de treinador após pendurar as chuteiras. O jogador declara que quer aproveitar bastante sua família.

– Não. Treinador não. Somos muito monitorados. A intensidade está boa, então acho que tenho mais alguns anos pela frente. Não penso em ser treinador. Quando parar, penso em aproveitar minha família. Venho estudando algumas situações. Treinador não – afirma Egídio.