(Foto: Mailson Santana - FFC)

Um dos atletas mais experientes da equipe do Fluminense, Egídio se destaca pelos seus atributos ofensivos e ele mesmo se declara o “Rei da Assistência”. No aspecto defensivo, o lateral dá algumas dores de cabeça ao torcedor Tricolor.

Titular em dez partidas do Campeonato Brasileiro, o atleta de 35 anos está entre os jogadores que possuem a maior média de perda de posse de bola por jogo. De acordo com os dados do “SofaScore”, Gidão perde 19,1 bolas por jogo.

A curiosidade dessa estatística é que os jogadores que superam o camisa 6 do Fluminense nesse quesito são outros dois laterais-esquerdos. Reinaldo (São Paulo) e Júnior Tavares (Sport), tem médias de 20,5 e 19,4, respectivamente.