(Foto: Mailson Santana - FFC)

Titular da lateral esquerda do Fluminense, Egídio ainda está longe de ser unanimidade entre os torcedores. Aos 35 anos, o jogador comentou sobre as críticas que recebe, sobretudo nas redes sociais, e responde com suas estatísticas:

– Cobrança a gente tem todos os dias, a todo momento. Eu cresci assim, sempre joguei em time grande, sempre sofri cobranças. Meus números falam por mim. Ano passado fui o líder de assistências do time, agora também venho desempenhando bom papel, fiz um gol importante, então é nisso que me apego, nos números. Se não quiser cobrança vai para time pequeno. Dou a resposta em campo, sem dar muito peso às críticas – destacou o camisa 6 em coletiva realizada na manhã desta quinta-feira.

Em 63 jogos pelo Flu, Gidão tem um gol, 13 assistências, 72 passes decisivos, 130 desarmes e 20% no acerto de cruzamentos. Os dados são do Sofascore.