Uma novidade tecnológica na eleição no Fluminense neste ano. O clube negociou com o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro e seis urnas eletrônicas serão cedidas para o pleito que acontece na segunda quinzena de novembro, informou o site Globoesporte.com. Todas se fixarão na sede tricolor, em Laranjeiras, dificultando a ideia de permitir que sócios de outras cidades brasileiras participem da votação.

O presidente Peter Siemsen foi pessoalmente ao TRE-RJ para tratar do tema e se reuniu com o desembargador Antônio Jayme Boente. Não houve permissão para usá-las fora do estado, em cidades como São Paulo e Brasília, locais com boa presença de sócios, uma intenção do clube.

Fazer a votação fora do Rio depende de uma avaliação, especialmente quanto a segurança e a forma de transporte dos votos. Algo que a torna difícil de ser colocada em prática.