Egídio tem 11 assistências na temporada, sendo sete no Brasileiro (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Depois de amargar período no banco de reservas, Egídio voltou ao time titular do Fluminense e vive ótimo momento. Na temporada de 2020, tem confirmado sua fama de “rei das assistências”. O lateral-esquerdo já deu 11 passes para gol, sendo sete no Brasileirão. Dois foram na vitória de 3 a 1 sobre o Ceará, na rodada passada.

E as assistências de Egídio não são apenas em cobranças de falta e escanteio. Pelo contrário. Deu seis passes para o gol com a bola rolando e cinco com a pelota parada. O lateral-esquerdo lembra de outros momentos que se destacou na carreira como garçom.

– Aqui no Fluminense estou passando por isso, mas nos clubes anteriores a gente também sempre se destacou com assistências. (…) O ano que mais dei assistências foi no Goiás em 2012 na Série B. Era meu último ano de contrato com o Flamengo e fui emprestado, era eu me destacar e ir bem ou ficar rodando em times menores. Ali, consegui oito gols na temporada, jogando de lateral mesmo, e 28 assistências no ano. Números muito expressivos – disse, continuando:

– No Palmeiras também, lembro junto ao Robinho da disputa de rei das assistências, que saiu em um jornal de São Paulo. No Cruzeiro, de novo eu com Robinho, ele terminou com 11 e eu com nove. Sempre disputando com os meias, que são os caras que deixam na cara do gol. É questão de treinamento, de trabalho e, lógico, com a ajuda do coletivo.