Foto: Photocamera
Foto: Photocamera

Marluci Martins, editora e colunista do jornal “Extra”, do Rio de Janeiro, publicou uma carta em seu blog endereçada a Luiz Felipe Scolari. Em um texto recheado de ironias e críticas, a profissional de imprensa critica o técnico da seleção brasileira, a quem considera o grande responsável pela fracasso do Brasil no Mundial. Confira na íntegra:

“Caro Felipão,

Há sete dias – e, desculpe-me citar tal número a essa altura do campeonato -, sentada a um palmo do seu nariz, tomei uma rebarba da flechada da prepotência quando você veio com aquela frase “não gostou, vai para o inferno”, na sala de entrevistas do Castelão.

Você nos colocou nele.

Somos, hoje, a escória da nossa própria Copa. Somos a ralé do futebol, os perebas da pátria de chuteiras. E, para quem ama a bola ou vive de escrever sobre as voltas que ela dá, não há inferno pior do que a humilhação de uma acachapante derrota.

Registro aqui a pergunta que não pude fazer quando – com o perdão da má palavra – sete vezes pelo menos levantei inutilmente o dedo naquela coletiva do Castelão:

Por que você não treinou o time, Felipão?

Se foi para surpreender o adversário, a tática funcionou no Mineirão. Qual técnico das semifinais não ficaria boquiaberto ao enfrentar um adversário de formação tática tão pueril? Você enganou Joachim Löw direitinho.

Enganou 200 milhões de brasileiros. Sabe por quê? Porque você, nesses 45 dias em que estamos juntos, não treinou o time.

Continuamos juntos. Mas, agora, no inferno, onde você é o anfitrião. Foi você, Felipão, quem o construiu. A casa é toda sua, fique à vontade”.


Sem comentários