Foto: Mailson Santana/FFC

Mário Bittencourt concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Carlos Castilho, para debater seus dois anos de gestão. Entre os dados apresentados, falou a respeito do incremento no quadro social do clube mesmo em meio à pandemia.

— Receita de sócio-futebol em 2020 foi recorde na história do clube, com R$ 11 milhões. Número bom, mas precisamos aumentar. Sempre digo que nosso número mágico seria de 60 mil sócios-torcedores. Seria o número de lugares que tem no Maracanã. Se conseguirmos chegar em dois anos aos 60 mil, estaríamos com uma estimativa de receita entre R$ 23 e R$ 25 milhões ano. Todo esse dinheiro é destinado ao futebol. Nossa folha líquida de salário, mais imagem, dá R$ 4 milhões. Talvez ainda sejamos uma das mais baratas do país. Se conseguir ter um aumento de receita de sócio-futebol para R$ 22, 25 milhões. Teríamos 50% da folha de futebol paga pelo sócio-futebol. Inter e Grêmio, por exemplo, pagam entre 30 a 40% da folha com programa de sócio-futebol. Seria importante mantermos esse engajamento. E sempre agradeço a torcida que manteve o engajamento. É um número expressivo, ainda mais na situação em que o clube se encontra – enalteceu.

O presidente destacou o aumento dos números. Confira os valores apresentados: