(Foto: Divulgação)

Apenas rumores. Apesar de alguns sites repercutirem que a parceria entre Fluminense e Flamengo está ameaçada, no que tange o compartilhamento do Maracanã, o acordo entre os clubes segue firme.

O NETFLU apurou que o Fluminense regularizou todos os seus débitos referentes ao estádio, mantendo-se atualmente em dia, assim como o Flamengo. Portanto, a expectativa para o lançamento de licitação para concessão do Maracanã não deve ter o Vasco como “intruso”.

É importante destacar que a nova licitação está prevista para outubro e vencê-la significa administrar o Complexo Maracanã pelos próximos 35 anos.

Há dois meses, o jornalista Gilmar Ferreira, do Extra Online trouxe na informação importante. Segundo ele, no processo aberto pelo ex-governador Wilson Witsel, em abril de 2019, para a assinatura do Termo de Permissão de Uso (TPU), após o rompimento com a Odebrecht, antiga concessionária do estádio, uma das queixas do então presidente do Vasco, Alexandre Campello, foi que o Rubro-Negro já sabia das regras criadas para a exploração do complexo, dada a proximidade com os políticos do estado.

Essa animosidade, contudo, foi diluída nos últimos meses, mas não a ponto de ameaçar o acordo com o clube das Laranjeiras.

Paralelamente, os dirigentes do Fluminense têm prometido a reforma da sede histórica do clube, o que inclui o estádio das Laranjeiras. A ideia, contudo, é mandar pequenos jogos do Carioca e da Copa do Brasil.