Em nota oficial, America se exime de responsabilidade por laudos do Giulite em 2016

Dono do estádio nega participação

O America divulgou uma nota oficial na tarde desta terça-feira se isentando de responsabilidade da obtenção de laudos ao Corpo de Bombeiros para a funcionalidade do Estádio Giulite Coutinho. O Fluminense não se manifestou até o momento. Confira nota do America abaixo:

Nota oficial sobre a LPCI

O America Football Club esclarece que não tratou da obtenção de Laudo (LPCI) junto ao Corpo de Bombeiros em 2016, conforme veiculado em meios de comunicação. Portanto, o America Football Club não tem nenhuma responsabilidade sobre os fatos levantados e está à disposição das autoridades.

– Diretoria America Football Club 

A Polícia Civil e o Ministério Público descobriram que os militares recebiam propina para expedir os laudos técnicos de diversos estabelecimentos comerciais, tanto de pequeno, médio e grande portes. Para conceder essas licenças, os bombeiros deveriam avaliar as instalações hidráulica e elétrica, assim como o posicionamento da saída de emergência e outros aspectos ligados a segurança do local. As licenças eram vendidas por R$ 750 até R$ 30 mil.
De acordo com a coluna “Panorama Esportivo” do jornal “O Globo”, o Fluminense foi quem tratou dos laudos e alvarás de Edson Passos em 2016.