Em nota, Vasco, Bota e Ferj cobram CBF contra Liga Sul-Minas-Rio

Em nota, Vasco, Bota e Ferj cobram CBF contra Liga Sul-Minas-Rio

Eurico Miranda atacou Fluminense e Flamengo
Eurico Miranda atacou Fluminense e Flamengo

A velha guerra travada durante o Campeonato Carioca deste ano, com Fluminense e Flamengo de um lado e todos do outro, tem novo episódio. Capitaneados por Vasco e Botafogo, os demais participantes da Série A do Estadual se reuniram na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), na tarde desta segunda-feira, e prepararam uma nota cobrando uma postura firme da CBF contra a Liga Sul-Minas-Rio.

Presidente do Vasco, Eurico Miranda afirma que a competição não pode ser inserida no calendário de 2016.

– É uma nota de repúdio porque a CBF foi omissa em relação a se posicionar contra a transgressão clara de seu estatuto e do estatuto da Ferj. O documento é claro quando fala que só pode ter as competições que estiverem inseridas no calendário nacional. O calendário foi publicado, inventaram a situação da liga. A CBF fica dizendo que vai ter, que não vai ter… Falam que é pela fragilidade da CBF. Isso o que está sendo feito está causando prejuízo a 14 clubes que disputam o Carioca – disse.

Escudeiro fiel, o mandatário do Botafogo, fez coro.

– Infelizmente, temos dois aqui no Rio que estão querendo impor sua vontade sobre os outros e principalmente contra a legislação em vigor. Não podemos concordar – afirmou.

Por fim, Eurico Miranda ainda atacou a postura adotada por Fluminense e Flamengo.

– É uma posição bravateira. É uma bravata. Você não pode se insurgir contra as leis existentes.

Após a formulação da nota, o presidente da Ferj, Rubens Lopes, ligou ao da CBF, Marco Polo Del Nero, avisando que seria enviada para apreciação da entidade nacional.


Sem comentários