Em treino, Júlio César diz ter percebido diferença da bola na altitude

Goleiro promete muita atenção no jogo contra a Universidad

Júlio César admite que altitude trará uma dificuldade a mais (Foto: Nelson Perez - FFC)

O Fluminense tentará garantir sua classificação para as oitavas de final da Sul-Americana. Além da Universidad de Quito, no Estádio Olímpico Atahualpa, o time também enfrentará uma altitude de 2.800 metros. Júlio César precisará ficar esperto. O goleiro afirma já ter percebido no treino de terça a diferença na variação da bola e promete mais atenção ainda no jogo.

– A altitude muda muito a velocidade da bola. Neste treino já deu para sentir a diferença. Precisamos ficar mais atentos ainda, pois promete ser um jogo bem complicado – alertou o goleiro tricolor.

Por outro lado, o Fluminense venceu na ida por 4 a 0 e, evidentemente, tem grande vantagem. Pode perder por até três gols de diferença para se classificar. Se marcar fora de casa, obriga a Universidad a fazer cinco a mais. Caso leve 4 a 0, a decisão vai para os pênaltis.