Emprestado ao Estoril, Michael se desculpa com a torcida do Flu

Emprestado ao Estoril, Michael se desculpa com a torcida do Flu

Michael (Foto: Nelson Perez /Fluminense F.C
Michael admite não ter sido uma pessoa fácil de se lidar (Foto: Nelson Perez /Fluminense F.C)

Após pedir para ter seu contrato rescindido com o Fluminense e voltado atrás, sendo emprestado ao Estoril, de Portugal, Michael admite o débito com o clube. Com a cabeça no lugar, faz um pedido de desculpas à torcida tricolor, explica a decisão tomada quando pensou em parar de jogar e afirma ter sempre se sentido em casa nas Laranjeiras.

– Primeiramente, queria pedir desculpas à torcida do Fluminense. Não são cinco ou seis pessoas que irão me agredir com palavras e irá mudar isso. A torcida do Fluminense é muito maior que isso. Peço desculpas. Tenho um carinho enorme pelo clube, funcionários e torcida. Eu me sentia em casa no Fluminense e agradeço por tudo que fizeram por mim. Sei que não fui uma pessoa fácil. Sei que não fui o que se esperava de mim. Eu já vinha tendo essa vontade. Futebol é sonho, mas, às vezes, parecia que não era para mim e não iria funcionar. Achei em determinado momento que era melhor parar pelo caminho, pois precisaria fazer outra coisa antes que ficasse muito velho. Depois vi que era muito cedo. Às vezes as coisas não são como pensamos. Minha decisão não foi boa, mas na época tomei e saio de cabeça erguida. Estou agora com a cabeça boa e comprometido com o Estoril para trazer o melhor futebol possível para cá – disse.


Sem comentários