Enderson elogia Ronaldinho, mas admite: “Não era quem eu queria”

Enderson elogia Ronaldinho, mas admite: “Não era quem eu queria”

Enderson diz que time não podia jogar para Ronaldinho neste momento (Foto: Nelson Perez - FFC)
Enderson diz que time não podia jogar para Ronaldinho neste momento (Foto: Nelson Perez – FFC)

Mesmo não tendo rendido e já deixado o Fluminense, o assunto Ronaldinho ainda rende. Ex-técnico do clube, Enderson Moreira falou um pouco a respeito da passagem de ambos pelas Laranjeiras. O treinador elogiou a conduta e entrega do apoiador nos trabalhos, mas também reconhece que não conta com ele.

– Eu sempre vejo que há muita especulação em cima de algumas coisas que não são verdadeiras. Posso falar de uma maneira muito clara que o Ronaldo não era o jogador que eu tinha como solução para a equipe, Não era o que eu achava interessante para a equipe. Perdemos Wagner, Giovanni teve lesão mais séria, Fred também… Precisávamos trazer alguns atletas. O Ronaldo foi extremamente profissional, mas de uma certa forma não conseguiu render tudo aquilo que temos como expectativa. Para poder jogar seu melhor futebol, precisaria de um tempo para entender como queríamos jogar. Teria de ser muito rígido em relação ao ajuste. Ele tem 35 anos e as limitações físicas são naturais numa idade para a prática do futebol em altíssimo nível. O que poderia fazer era dar uma sequência de jogos. Não podemos desmerecer o histórico desse atleta, que fez coisas maravilhosas. Em algum momento, não deu a resposta que imaginávamos. Então tentamos dar um tempo a mais de treinamento para ele poder recuperar com o passar do tempo. Não aconteceu, mas ele sempre teve uma conduta dos treinamentos. Nunca criou nenhum tipo de problema. Nem como reserva, titular, ou sem ser relacionado. Simplesmente as coisas não aconteceram. O time talvez não estivesse pronto para ajudá-lo neste momento, de jogar em função dele. Isso contribuiu de alguma forma para ele não conseguir desempenhar o jogo que esperávamos dele – afirmou.


Sem comentários