Ex-atacante do Flu, Roni explica riscos de seu novo empreendimento

Ex-atacante do Flu, Roni explica riscos de seu novo empreendimento

Roni agora trabalha nos bastidores
Roni agora trabalha nos bastidores

Roni nunca foi um grande atacante, reconhecido por uma técnica acima do normal ou pelo faro de gol. Mesmo sua, o jogador teve passagem marcante pelo Fluminense e, também, na seleção brasileira. Fora de campo, já aposentado, o atleta vem se mostrando um craque. Empresário que participa de negociações para a realização de jogos do Brasileiro em estádios da Copa, ele comentou sobre os riscos, ressaltando que o Mané Garrincha possui um complicador, devido a taxa de ocupação que cobram.

– Eu fiz jogo em Vitória-ES, Londrina, Cuiabá, Brasília e outras e ele é o único que tem uma despesa que a gente considera um pouco exagerada. O risco é todo nosso, dos produtores do jogo, porque o clube já recebe a cota antes de entrar em campo e o que tentamos fazer para evitar um possível prejuízo é analisar se existe uma boa demanda de torcedores naquela cidade, por exemplo – disse.


Sem comentários