Coaracy Nunes estava internado desde abril (Foto: Divulgação)

Diretor de esportes olímpicos do Fluminense na década de 1980 e ex-presidente da Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes morreu nesta quinta-feira, aos 82 anos, no Rio de Janeiro. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas ele sofria de diabetes, hidrocefalia e mal de Alzheimer.

Coaracy estava internado desde abril e chegou a receber diagnóstico positivo de Covid-19, mas, segundo relato da filha Luciana Nunes, em exame posterior testou negativo para a doença.

Ainda de acordo com Luciana, o pai não despertou mais desde que passou por cirurgia para alívio da pressão intracraniana, realizada na semana passada.