Branco reage a tentativa de sequestro e conta que podia ter morrido

Branco reage a tentativa de sequestro e conta que podia ter morrido

Branco é um dos ídolos da história do Fluminense
Branco é um dos ídolos da história do Fluminense

Ex-jogador do Fluminense, onde foi campeão brasileiro em 1984, Branco passou por um drama há três semanas. O ex-lateral-esquerdo foi vítima de uma tentativa de sequestro na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele reagiu, brigou com seu agressor e, por pouco, não terminou baleado.

– Por volta das 20 horas, desci do carro, mas o cara me pegou, mandou eu voltar e sentar no banco do carona. Ele queria me levar. Dei um soco no cara, uma joelhada no saco, peguei o pulso dele e, como o dedo estava no gatilho, a arma disparou, por sorte para o alto. Fugi para o McDonald’s, e ele, para o posto de gasolina. Fui louco em reagir. Foi o instinto. Eu podia ter morrido – relata.


Sem comentários