Ex-juiz não está satisfeito com nível das arbitragens no Brasileiro

Ex-juiz não está satisfeito com nível das arbitragens no Brasileiro

Léo Feldman diz que se deveria discutir colocar dois árbitros em campo
Léo Feldman diz que se deveria discutir colocar dois árbitros em campo

Alvo de muitas discussões e críticas negativas, a arbitragem no Campeonato Brasileiro não vem agradando nem quem já teve o apito na mão. Léo Feldman, ex-árbitro carioca, reconhece que o nível está ruim e a questão técnica não é nem a das piores.

– Não estou gostando. Acho que precisa ter muita modificação principalmente na questão comportamental dos árbitros. A questão técnica, mesmo que se coloque tecnologia, ainda vão haver erros. As coisas não estão evoluindo da forma como a gente preconiza. Se é falado em profissionalização, tecnologia, tem de se falar que a capacidade física dos jogadores aumentou muito. A dos árbitros também. Poderia ser discutido de colocar dois árbitros em campo. No salão é assim. O sorteio também tem de ser discutido. Ele se tornou lei, mas é uma lei de desconfiança – disse.


Sem comentários