Ex-nadadora do Flu se demite no COB após mentir para livro

Ex-nadadora do Flu se demite no COB após mentir para livro

Chistiane Paquelet afirmou que só não disputou Jogos de 1972 por conta de lesão (Foto: Rio 2016)
Chistiane Paquelet afirmou que só não disputou Jogos de 1972 por conta de lesão (Foto: Rio 2016)

Ex-nadadora do Fluminense, Chistiane Paquelet causou uma saia justa e pediu demissão do cargo de diretora cultura do Comitê Olímpico do Brasil (COB) após mentir em entrevista à pesquisadora Katia Rubio para o livro “Atletas Olímpicos Brasileiros”. No depoimento, ela havia afirmado falsamente que havia ido para os Jogos Olímpicos de 1972, em Munique, na Alemanha, e não disputado por lesão.

Porém, nadadoras que de fato foram a Munique afirmaram a Katia Rubio que Paquelet não foi à Alemanha.

Em virtude disso, pediu demissão, que foi confirmada em nota oficial do COB. Confira:

“O Comitê Olímpico do Brasil (COB), a respeito do depoimento prestado por Christiane Paquelet à pesquisadora Katia Rubio para o livro “Atletas Olímpicos Brasileiros”, vem a público informar:

– Christiane Paquelet admite que não compareceu aos Jogos Olímpicos de Munique 1972, não sendo, portanto, atleta olímpica e, por esse motivo, já apresentou suas desculpas à Professora Katia Rubio;

– Por iniciativa própria, ela deixou o cargo de Diretora Cultural, não tendo mais, a partir de hoje, vínculo com o COB.

Comitê Olímpico do Brasil”


Sem comentários