(Foto: Paulo Brito)

Presidente do Fluminense entre 2005 e 2010, período em que o Tricolor foi campeão Carioca, da Copa do Brasil, finalista da Libertadores e campeão Brasileiro, Roberto Horcades esteve nas Laranjeiras neste sábado e, em entrevista ao site número um da torcida tricolor, manifestou sua posição com relação à Assembleia Geral. O ex-mandatário relembrou o Tricolor de sua época e lamentou a atual situação do clube.

– Fui o presidente mais vencedor da história do Fluminense e vim aqui hoje para votar que haja essa antecipação, porque o que se conseguiu no Fluminense nos últimos anos foi acabar com o clube. Você tem hoje uma piscina interditada pela saúde pública, um telhado caindo aos pedaços, em síntese, um clube que não é o nosso Fluminense. É um clube completamente destroçado, logo, essa Assembleia é para a gente tentar fazer com que o Fluminense volte a ser o Fluminense da minha época, da dupla dinâmica: Horcades e Celso Barros, que ganhou tudo – disse o ex-mandatário.

Horcades ainda admitiu que deve apoiar o triunvirato formado por Mário Bittencourt, Ricardo Tenório e Celso Barros no próximo pleito. Segundo ele, os três têm o compromisso de recuperar o clube e recolocá-lo no caminho das vitórias.

– Temos hoje quatro pessoas tentando recuperar o Fluminense: Tenório, Bittencourt, Celso e eu. Esses quatro são remanescentes de um Flu que não deveu nada a ninguém e foi um super campeão. Então vamos tentar recuperar esse clube. Vamos tentar voltar a fazer com que o Fluminense seja grande de novo, como sempre foi em sua história – complementou o dirigente.