(Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC)

Na última quarta-feira, o Fluminense anunciou de maneira oficial o desligamento de Filipe Torres, auxiliar-técnico e ex-treinador do time feminino sub-18. Com as Meninas do Flu, foi campeão brasileiro da categoria na temporada de 2020 e estadual em 2022.

Em entrevista ao portal GE, o treinador falou sobre a demissão do time de base feminino e negou os boatos sobre algumas divergência com alguém de dentro do clube.

— Eu não tive atrito com ninguém. Acho que soltaram no ar (os boatos), por que como se explica um treinador que é campeão da modalidade e é demitido? Não cabe a mim expressar algo, mas não tive atrito nem divergência com ninguém. A justificativa foi que o feminino terá um novo ciclo e planejamento.


Filipe Torres completou dizendo ser grato ao Fluminense durante os seus três anos de trabalho.

— Tenho certeza daquilo que fiz pelo clube, da dedicação durante esses três anos. Eu saio com o clube em uma situação bem bacana de desenvolvimento do futebol feminino, com bastante atleta de base na seleção e com títulos. Minha gratidão pelo clube é para sempre por tudo que vivi. Agora é esperar novos ciclos que possam acontecer.