Na noite desta quarta-feira, o Fluminense entrou em campo para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, em partida atrasada da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com falhas individuais imperdoáveis, o Tricolor acabou sucumbindo e foi derrotado pelo clube paulista fora de casa por 2 a 0. Madson e Diego Tardelli decretaram a derrota do Time de Guerreiros, que perdeu a chance de ultrapassar Inter e Corinthians e entrar no G6 do Brasileirão.

O JOGO

Inflamado por sua torcida e desesperado para sair do Z4, o Santos começou a partida vindo para cima e encurralando o Fluminense. Com o gramado molhado pela chuva, a bola corria mais que o normal e o jogo era intenso e acelerado. Aos 8′, em cobrança de escanteio, o time da casa obrigou Marcos Felipe a fazer linda defesa em cabeçada de Madson. A bola ainda explodiu no travessão após a rebatida do goleiro.

Depois de suportar a pressão inicial, o Time de Guerreiros equilibrou um pouco um jogo na metade do 1º tempo e começou a se soltar. André arriscou de longa distância e tirou tinta do travessão santista. O Flu tinha dificuldades na criação e esbarrava na boa marcação do clube paulista, que fechava os espaços com seus três zagueiros e não dava campo para velocidade dos Moleques de Xerém.

Aos 32′, o Santos chegou ao seu gol. Zanocelo levantou na área, Marlon deu mole na cobertura e Madson entrou por trás da defesa para tocar de cabeça e abrir o placar: 1 a 0. Pouco combativo, o Fluminense terminou a primeira etapa sem nenhuma chance clara criada. Mesmo diante desse cenário, Marcão não mexeu na equipe no intervalo e retornou com a mesma formação no 2º tempo.

Logo com 1′, em boa trama, Yago bateu da entrada da área, mas jogou para fora. Era um sinal de que o Fluminense havia voltado com outra postura. Agredindo mais, o Tricolor passou a dominar as ações. Embora ainda não conseguisse criar tantas oportunidades, tinha mais posse e controlava o meio-campo. Só que aos 17′, veio o banho de água fria. Em erro ridículo de Marcos Felipe na saída de bola, Diego Tardelli ampliou no contra-ataque: 2 a 0.

O lance foi um baque para o Flu. Era o melhor momento do Tricolor no jogo, mas o segundo gol sofrido deixou a situação ainda mais complicada. No fim, o Tricolor ainda tentou um último suspiro para buscar o resultado, mas não foi capaz nem de diminuir o prejuízo. Com o resultado, os comandados de Marcão seguem na 8ª posição. No próximo domingo, visitam o Ceará, no Castelão.

O Time de Guerreiros entrou em campo com: Marcos Felipe; Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro e Marlon; André (Nonato 34’/2ºT), Yago (Martinelli 24’/2ºT) e Jhon Arias (Abel Hernández 24’/2ºT); Caio Paulista (Lucca 24’/2ºT), Luiz Henrique (Gustavo Apis 41’/2ºT) e John Kennedy.